Arquitectura_1.html

REMODELAÇÃO DE MORADIA UNIFAMILIAR

Ovar · portugal

2015

UrbanismoUrbanismo.html
DesignDesign.html
ContactoContacto.html
Urbanismo.html
Design.html
Arquitectura_1.html
Fotografia.html
Desenho.html
Contacto.html
Sobre.html
FotografIaFotografia.html
DESENHODesenho.html
SOBRESobre.html

1 · 2· 3· 4

Interior: Cozinha, vista para a sala

ArquiteCturaArquitectura_1.html
Remodelacao_Habitovar_2.html
+Remodelacao_Habitovar_2.html
VER IMAGENS SEGUINTESRemodelacao_Habitovar_2.html

Há um gosto grande na liberdade de projetar algo de raiz, mas sinto uma motivação extra, um desafio especial, em olhar para algo existente que está obsoleto e tentar perceber o seu potencial para que seja capaz hoje de dar suporte a usos contemporâneos sem perder a sua identidade. E procuro encontrar essa solução com o mínimo de intervenção possível.

Reabilitação de cása-pátio

A qualidade do urbano é inseparável da qualidade da arquitectura. E o tempo deu razão à cooperativa de habitação Habitovar, em Ovar.

Vista do pátio interior

Quando encontramos esta capacidade de adaptação, numa casa que faz parte de uma operação de urbanização do pós 25 de Abril, iniciada em 1976, torna-se numa lição de sustentabilidade urbana, num bairro que resiste à passagem do tempo e que é cada vez mais revivido.

Urbanização

Há uma tendência em associar boa arquitectura apenas a edifícios notáveis e muito caros. Mas a arquitectura de qualidade é aquela que deixa marcas até no edifício comum, mesmo nestes inseridos em Cooperativas de Habitação Económicas. Apenas temos de saber olhar para eles com atenção.

Estado antes da remodelação

Foram vários os autores que entre 1976 e 1982 trabalharam estas inovadoras soluções de habitação para ovar, sendo o gabinete responsável o do Arq.to Pedro Ramalho, projetaram entre outros, os Arq.tos Alcino Soutinho, Bernardo Ferrão, Fernando Távora, Francisco Barata e Rolando Torgo. A casa-pátio a reabilitar foi desenhada por este último.

Trata-se de um lote quadrado de 200 m² onde é implantada uma moradia unifamiliar com 135 m² voltada para um pátio interior, apenas com uma ligeira abertura. Esta configuração proporcionando privacidade e proteção acústica.

Lote

A organização interna existente, já muito otimizada e eficiente, mas compartimentada de acordo com as necessidades da época, sofreu uma pequena alteração material que provocou grande mudança funcional e social.

Esquemas funcionais: análise do existente >  proposta de remodelação

Demolições durante a obra

Com pequenas demolições, reorganização funcional e uma remodelação interior, a moradia passou a dar resposta às necessidades de uma nova família, num novo contexto cultural.

Sala

A nova amplitude do espaço social

EN../en/Dwelling_Renovation_Habitovar_1.html
PT